Follow by Email

domingo, 28 de julho de 2013

PROJETO ÍNDIOS DO BRASIL- PROGRAMA LER E ESCREVER

ATIVIDADE 2A-  LEITURA DA PROFESSORA E ANOTAÇÃO DAS INFORMAÇÕES RELEVANTES





Comentário: Há muito que superou-se a forma como se conta a origem dos indígenas no Brasil. Ao invés daquela figura ingênua que se encantava e se deleitava com as bugigangas do colonizador, apresentamos agora ao nosso aluno e aluna, a figura de um ser humano com características diferenciadas, com a cultura distinta, o que é estranho em comparação com a nossa cultura. O mais bonito dessa história toda é que na construção da nossa cultura contemporânea, há elementos dessa cultura.
Um ponto crítico dessa situação é que por mais que respeitemos os valores e os construtos dessa cultura ela não teria lugar para o nosso espaço de vivência e de convivência, como elemento agregador em sua forma total.O terreno das culturas, os choques advindos da sua diversidade é um campo fértil para elementos práxicos e dialogicos.



Muitas pessoas acreditam, ainda hoje, que os índios são algo do passado ou que eles estão desaparecendo e perdendo suas culturas. Outras imaginam que só há índios na Amazônia, que todos falam tupi e moram em ocas. É, tem muita ideia errada sobre os índios circulando por aí.




Pouca gente sabe quantos grupos indígenas existem hoje no brasil. Pois bem, aí vai a informação: são cerca de 200 sociedades indígenas diferentes, falando mais de 170 línguas e dialetos conhecidos. De norte a sul, de leste a oeste, existem aldeias indígenas em quase todos os estados que formam o Brasil. Cada uma destas sociedades indígenas tem um modo próprio de ser. Elas não são apenas diferentes da nossa sociedade, mas também se diferenciam entre si: nas tradições,nos conhecimentos, na arte, na economia, na história, no jeito de ver o mundo e de se relacionar com a natureza. Alguns desses povos entraram em contato com os
brancos há muito tempo, outros, porém, só agora começam a estabelecer relações.
Estima-se que a população indígena atualmente totalize mais de 280 mil indivíduos.
Ao manterem contato com os brancos, os índios mudam. Mas eles não deixam de ser índios por causa disto. Hoje é comum vermos índios usando relógios, roupas, gravadores e falando português. E eles continuam sendo índios. Isto ocorre porque
as culturas indígenas são antigas, mas não são paradas no tempo. Elas se modificam, se transformam em função de novos acontecimentos e situações. Como você
pode ver, esses dados mostram que os índios não fazem parte só do nosso passado, mas também estão aí no nosso presente e vão fazer parte do nosso futuro.
(...)
Luís Donizete Benzi Grupioni
Fonte: Programa Ler e Escrever 1º Ano  MEC/SEF





Nenhum comentário:

Postar um comentário